6 de janeiro de 2009

A nova do criminoso carioca Batman

Integrante de milícia teria proteção de PMs

RIO - O ex-policial militar acusado de integrar a milícia autodenominada Liga da Justiça, Ricardo Teixeira da Cruz, o Batman, estaria circulando por Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, escoltado por patrulhas da PM. A informação está sendo investigada por agentes da Polinter e da Delegacia de Repressão a Ações Criminosas Organizadas (Draco), como revela reportagem do Globo, nesta segunda-feira. Em outubro passado, Batman escapou pela porta da frente da penitenciária de segurança máxima Pedrolino Werling de Oliveira (Bangu 8). A fuga foi gravada por uma câmera do presídio . Na ocasião, o ex-PM deixou o presídio acompanhado por dois homens que vestiam uniformes semelhantes aos da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap). Passados dois meses, a polícia ainda não conseguiu identificar a dupla, que estava num Palio com placa da Seap. Após a fuga de Batman, o diretor do presídio Pedrolino Werling de Oliveira (Bangu 8), Luiz Henrique Burgos, foi exonerado. Apontado como um dos matadores do grupo paramilitar, Batman estaria sendo protegido por PMs ligados à milícia. O esquema de segurança, que incluiria até o emprego de patrulhas, seria o principal obstáculo para a captura do ex-policial. De acordo com investigações, após a fuga, Batman teria assumido o comando do bando.

Fonte: O Globo Online (04/01/2009 às 23h57)

Morre o Jim Gordon de Tim Burton

Pat Hingle, ator veterano mais conhecido como o Comissário Gordon de Batman, Batman - O Retorno, Batman Eternamente e Batman & Robin, faleceu no sábado, aos 84 anos, depois de travar uma longa batalha contra um câncer de sangue. Nascido em 1924, fez carreira no teatro, televisão e cinema. Segundo o site \Film, ele era conhecido por interpretar juízes, policiais e outras figuras da autoridade. Participou de longas como Sindicato de Ladrões, A Marca da Forca, Norma Rae, entre outros. Na televisão fez participações especiais em séries como Dawson's Creek, O Toque de um Anjo, Homicide: Life on Street, Cheers e Assassinato por Escrito. Já no teatro foi indicado ao Tony de melhor ator coadjuvante pela peça The Dark of the Top of the Stairs. Michelle Seidman, amiga da família, declarou à Variety que o ator vinha sofrendo vários problemas de saúde ao longo dos últimos anos. Seu último longa foi a comédia Rick e Bobby - A Toda Velocidade, de 2006.

Fonte: site Cinema em Cena (Belo Horizonte)