20 de agosto de 2015

Batmania do bem sofre baixa

Um homem que se vestia como o super-herói Batman para animar crianças doentes em hospitais morreu em uma estrada americana depois que seu "batmóvel" quebrou, segundo relatos. Lenny Robinson, 51, havia saído de sua Lamborghini —personalizada para se parecer com o Batmóvel—, em um trecho com pouca iluminação em uma estrada em Maryland (Estados Unidos) na noite de domingo para verificar o motor quando um veículo atingiu seu carro, que o acertou. Ele morreu no local, segundo o jornal "The Washington Post". Ainda de acordo com o "Post", Robinson, que vivia em Maryland e era pai de três meninos, trabalhava em um negócio de limpeza antes de comprar a fantasia e o carro.